Fórum Debian

Versão Completa: Possível solução para os drivers AMD (fglrx) e o GNOME no Debian Jessie
Você está atualmente visualizando uma versão simplificada do conteúdo. Visualizar a versão completa com formatação.
Páginas: 1 2
Olá amigos do forum.



UPDATE: Nova Solução no POST #22





Pesquisando a respeito dos problemas do driver proprietário da AMD (fglrx) no GNOME, posto aqui uma solução que encontrei nas listas de bugs do debian.

Inicialmente percebi que este problema se dá muito com notebooks que possuem duas placas gráficas, como é o meu caso.
Código:
#lspci
00:02.0 VGA compatible controller: Intel Corporation Haswell-ULT Integrated Graphics Controller (rev 09)
03:00.0 Display controller: Advanced Micro Devices, Inc. [AMD/ATI] Sun XT [Radeon HD 8670A/8670M/8690M] (rev ff)

Possuo estas placas híbridas, mas somente uma fica ativa após a instalação do Debian Jessie
Código:
# lshw -c video
  *-display              
       description: VGA compatible controller
       product: Haswell-ULT Integrated Graphics Controller
       vendor: Intel Corporation
       physical id: 2
       bus info: [email protected]:00:02.0
       version: 09
       width: 64 bits
       clock: 33MHz
       capabilities: msi pm vga_controller bus_master cap_list rom
       configuration: driver=i915 latency=0
       resources: irq:63 memory:c0000000-c03fffff memory:b0000000-bfffffff ioport:5000(size=64)

A primeira coisa que devemos saber é que o GDM3 não funciona com os drivers proprietários, logo devemos alterá-los para o lightDM
Código:
apt-get install lightdm

certifique-se de escolher a opção do lightDM como padrão quando lhe perguntarem na instalação.

Após isto instale os drivers proprietários que acompanham o Debian Jessie ou se preferir instale o que vem diretamento do site da AMD
Código:
apt-get install fglrx-driver fglrx-control

terminando a instalação execute
Código:
sudo aticonfig --initial
para que seja gerado o arquivo xorg.conf e a placa seja iniciada.

OBS: No meu caso eu precisei reiniciar o computador primeiro, para que a placa AMD/ATI tivesse sido encontrada pelo aticonfig e só depois executei o
Código:
sudo aticonfig --initial


A partir daqui usaremos o primeiro terminal para continuar o tutorial aperte:
Código:
<CTRL> + <ALT> + F1
e faça o login com o seu usuário.

Pare o serviço do lightdm que está em execução.
Código:
/etc/init.d/lightdm stop

crie um arquivo em seu diretório HOME
Código:
nano ~/.xsession

e acrescente as seguintes linhas
Código:
export COGL_DRIVER=gl
export COGL_OVERRIDE_GL_VERSION=1.4
export COGL_RENDERER=GLX
export LD_PRELOAD=/usr/lib/x86_64-linux-gnu/fglrx/fglrx-libGL.so.1.2
gnome-session

desta forma você já vai conseguir iniciar o lightdm com o GNOME no seu computador.

O problema agora é que você não conseguirá ver o ponteiro do mouse.
Para solucionar este segundo problema precisamos realizar o DOWNGRADE do xserver e passaremos da versão 1.16.4-1 para a versão 1.15.1-1

Edite o arquivo /etc/apt/source.list e acrescente a seguinte linha
Código:
deb http://snapshot.debian.org/archive/debian/20140715T222335Z/ testing main contrib non-free

Após isto crie o arquivo
Código:
nano /etc/apt/preferences

e vamos alfinetar a versão do xserver que queremos realizar o DOWNGRADE
Código:
Package: xserver-*
Pin: origin "snapshot.debian.org"
Pin-Priority: 1001

agora realizamos o update ignorando que o repositório está expirado
Código:
apt-get update -o Acquire::Check-Valid-Until=false

Por ultimo realizamos o upgrade
Código:
apt-get upgrade

e veremos que todos os arquivos xserver-* serão destaualizados para a versão 1.15.1-1
reinicie e verifique se o xserver-xorg foi alterado para a versão que queremos
Código:
apt-cache policy xserver-xorg-core
xserver-xorg-core:
  Instalado: 2:1.15.1-1
  Candidato: 2:1.15.1-1
  Pacote alfinetado ("pin"): 2:1.15.1-1
  Tabela de versão:
     2:1.16.4-1 1001
        500 http://ftp.us.debian.org/debian/ jessie/main amd64 Packages
*** 2:1.15.1-1 1001
        500 http://snapshot.debian.org/archive/debian/20140715T222335Z/ testing/main amd64 Packages
        100 /var/lib/dpkg/status

Pronto. Agora reinicie e se divirta com os drivers proprietários instalados e funcionando bem.

para se certificar que eles estão disponíveis
Código:
lshw -c video
  *-display              
       description: VGA compatible controller
       product: Haswell-ULT Integrated Graphics Controller
       vendor: Intel Corporation
       physical id: 2
       bus info: [email protected]:00:02.0
       version: 09
       width: 64 bits
       clock: 33MHz
       capabilities: msi pm vga_controller bus_master cap_list rom
       configuration: driver=i915 latency=0
       resources: irq:61 memory:c0000000-c03fffff memory:b0000000-bfffffff ioport:5000(size=64)
  *-display
       description: Display controller
       product: Sun XT [Radeon HD 8670A/8670M/8690M]
       vendor: Advanced Micro Devices, Inc. [AMD/ATI]
       physical id: 0
       bus info: [email protected]:03:00.0
       version: 00
       width: 64 bits
       clock: 33MHz
       capabilities: pm pciexpress msi bus_master cap_list rom
       configuration: driver=fglrx_pci latency=0
       resources: irq:66 memory:a0000000-afffffff memory:c0500000-c053ffff ioport:3000(size=256) memory:c0540000-c055ffff

Agora possuo as duas placas disponíveis!!!!

Espero que este tutorial ajude aqueles que possuem as placas de vídeo híbridas (Intel/AMD).


Fontes:
https://bugs.debian.org/cgi-bin/bugrepor...bug=744152
https://bugs.debian.org/cgi-bin/bugrepor...bug=745901
https://bugs.debian.org/cgi-bin/bugrepor...bug=762132
Isto não funcionou, parece ser um solução relativa.

Fiz todo o procedimento até a criação do arquivo xsession. O resultado foi o mesmo de sempre após instalar o driver proprietário, não inicia o modo grafigo. Abre o gerenciador de sessão em modo grafico mas após login o sistema tem a petulância de fechar o modo grafico e exibir a mensagem de que não vai inciar por falha (como se já estava aberto o modo gráfico para o gerenciado de sessão???). Aparece essa imagem http://4.bp.blogspot.com/-WHu4aN8K08c/VF...G_4546.JPG

Após mais uma das milhares de instalações só por causa desse problema, já não inicia mais o modo grafico normalmente.

Desta vez consegui recuperar de mandeira rudmentar o acesso ao modo grafíco. Parece que os drivers estão instalados e funcionam. O único jeito de eu conseguir iniciar o modo grafico é, no modo texto, me tornar root e depois dar o comando "startx". Ele inicia o modo grafico como usuário root em vez de iniciar com o usuário comum. Já tentei fazer esse procedimento no modo texto com usuário comum mas não funcionou. Aparentemente o modo gráfico só está configurado para usuário root. Bizarro é pouco...

Se ninguém souber como resolver, mais uma reinstalação pra coleção e continuar usando uma versão que acabou de ser lançada (Jessie) sem drivers de vídeo de melhor desempenho.

Incrível como um problema resolvido há anos em distribuições derivadas sempre foi ignorado na distribuição original...
Isso que vc falou no início realmente foi o que fizeram, um paleativo não uma solução.

Vc instalou o LightDM?
use o comando
Código:
dpkg-reconfigure lightdm
e escolha o LightDM como gerenciador


É estranho o X iniciar como root e não como usuário principal


quando vc editou o arquivo .xsession

Código:
nano ~/.xsession

Vc deve ter criado o arquivo para

Código:
nano /root/.xsession

Tente especificar seu diretório HOME com o seu usuário, como

Código:
nano /home/risislunit/.xsession

Veja o que acontece
Cara, deu certo duas vezes!

Como eu só conseguia dar comandos avançados como root no terminal, tive que logar como root e os procedimentos do tutorial configuraram o início de modo gráfico apenas para usuário root. Fiz o novo procedimento que ensinou e criei o inicio da sessão para o usuário comum.

Por engano coloquei repositórios unstable no source.list e fiz uma grande bagunça no sistema, tive que reinstalar.

Analisando o procedimento que ensinou inicialmente, consegui aplicar ele apenas pelo modo gráfico, o que facilitou a execução.

Não é necessário ir para o modo texto para configurar o inicio da sessão no lightdm. Basta criar o arquivo .xsession na pasta do usuário usando o gedit (bem melhor que o arcaico nano), copiar o script do tutorial e colar no arquivo. Se houver mais de um usuário, bastar copiar o arquivo para a pasta dele e o lightdm conseguirá iniciar o modo gráfico nele também. Assim é mais interessante de fazer porque basta copiar e colar. No modo texto tem que digitar todo o código, correndo risco de errar um caractere e não funcionar. É só um aprimoramento do procedimento.

O tópico ajudou bastante. Agora tenho a versão mais recente e os drivers proprietários. Espero que minha instalação fique assim pelos próximos 5 anos de suporte do debian 8.

Valeu mesmo!

4h20 da madrugada, missão cumprida, hora de dormir... Dormindo
Será que existem outros gerenciadores de sessão compartíveis com drivers proprietários?

O LightDM é um pouco limitado. Nele é necessário digitar o nome de usuário, em vez de apenas clicar em um a mostra. Nele não é possível bloquear a sessão, para uma saída rápida do PC. Para proteger a sessão só é possível encerrar ela ou alterar o usuário, estes procedimentos encerra toda a atividade do usuário.

Se não estou enganado, versões anteriores do debian com o GDM chamavam drivers proprietários, pois antes, após certo trabalho, conseguia usá-lo com drivers AMD. Alguma alteração no GDM impossibilitou o uso...
Olá amigo!!

Depois de passar um tempo usando os drivers, também verifiquei os mesmos problemas.
Para isso, fiz alguns ajustes, pode ser que dê certo para vc!!!

Instale o gnome-screensaver e o coloque para iniciar automaticamente qnd vc logar no sistema
Código:
apt-get install gnome-screensaver

Após isto crie um arquivo na pasta autostart,
no HOME de seu usuário, como por exemplo:
Código:
gedit /home/risislunit/.config/autostart/gnome-screensaver.desktop

E acrescente o Gnome-Screensaver para ser iniciado
Código:
[Desktop Entry]
Name=Gnome-screensaver
Exec=gnome-screensaver
Terminal=false
Type=Application
StartupNotify=false

Instale o plugin do shell
Suspend and Lock Button
https://extensions.gnome.org/extension/9...ck-button/

Isto deve resolver seu problema com a questão de bloquear a tela ou suspender.
Pelo menos no meu caso resolveu.

Na questão de configurações do LightDM eu utilizei este programa em Python
http://www.webupd8.org/2014/10/lightdm-g...s-gui.html

Utilize a versão tarball ou, se preferir, arrisque instalar o pacote deb feito para o Ubuntu

Espero que tenha ajudado
Deu quase tudo certo. Mas quando se trata de instalação de programas no Linux, o negócio é dificultar mesmo...
O tarball baixado no site oficial não possui o arquivo ".configure", com isso o comando "./configure" não funciona. Apenas retorna "bash: ./configure: Arquivo ou diretório não encontrado"
Instale deste link

https://launchpad.net/~kalgasnik/+archiv....1_all.deb

usando
Código:
dpkg -i lightdm-gtk-greeter-settings_**************_all.deb
Descobriu algum aprimoramento para a solução do problema?

Fiz o procedimento por completo. Instalei o Suspend and Lock Button, mas ele parece funcionar de modo aleatório. Quando clico nele para bloquear a sessão, não há resposta. Quando clico nele várias vezes seguidas, as vezes ele bloqueia, as vezes não bloqueia, e a sessão fica desprotegida. As vezes quando desbloqueia, após ter bloqueado com vários cliques insistentes, ao tentar desbloquear a sessão o campo de inserção de senha não funciona, forçando o reset. As vezes deixo a sessão fechar sozinha em minha ausência. As vezes funciona o campo de senha e retomo minha atividades e as vezes não funciona e tenho que dar reset, também.

Ao que parece esse programa funciona as vezes...

O problema principal foi resolvido, Debian 8 com drivers proprietários AMD e sessão iniciando em modo gráfico. Só ficou esse problema secundário, que não é grave, mas é chato.
NOVA possível solução com drivers 15.7 ou 15.9 (tradução literal da fonte)

Antes de instalar os driver proprietários certifique-se de instalar as seguintes dependências:
Código:
# apt-get install gcc g++ make dkms fakeroot

Depois disso, baixe os drivers proprietários do site do fabricante:
AMD drivers

Conceda as permissões de execução:
Código:
# chmod +x AMD-Catalyst-15.9-Linux-installer-15.201.1151-x86.x86_64.run

Instale o driver:
Código:
# ./AMD-Catalyst-15.9-Linux-installer-15.201.1151-x86.x86_64.run --install

Se o instalador perguntar se vc deseja reiniciar o computador escolha "NO"

Crie a configuração da sua placa de vídeo:
Código:
# aticonfig --initial

OBS: Lembro aos usuários de placas híbridas que pode ser que o comando acima informe que não encontrou nenhuma placa ATI.
Nesta situação vc deve reiniciar o computador e lembrar que não aparecerá nenhuma tela na hora do login, vá para o TTY1 (Ctrl + Alt + 1), loge no sistema e digite o comando acima que ele agora vai encontrar a placa de vídeo. (isso sempre acontece no meu caso)

Infelizmente o Catalyst possui diversas problemas com o GNOME, para corrigi-los rode num terminal:

Código:
$ su
# echo "export COGL_DRIVER=gl" >> /etc/environment
# echo "export COGL_OVERRIDE_GL_VERSION=1.4" >> /etc/environment
# echo "export COGL_RENDERER=GLX" >> /etc/environment
# echo "export LD_PRELOAD=/usr/lib/fglrx/fglrx-libGL.so.1.2" >> /etc/environment

Os comandos anteriores ajudam o mutter a detectar a versão do OpenGL e com isso o problema do GDM será resolvido.

Agora precisamos que o mutter detecte a versão do OpenGL para a sessão do GNOME.
Lembrando que a representação
Código:
~/

significa seu diretório HOME como em
Código:
/home/seu_usuario

Continuando:
Código:
$ touch ~/.xsession
$ echo "export COGL_DRIVER=gl" > ~/.xsession
$ echo "export COGL_OVERRIDE_GL_VERSION=1.4" >> ~/.xsession
$ echo "export COGL_RENDERER=GLX" >> ~/.xsession
$ echo "export LD_PRELOAD=/usr/lib/fglrx/fglrx-libGL.so.1.2" >> ~/.xsession
$ echo "gnome-session" >> ~/.xsession

Para Usuários de NOTEBOOKs SOMENTE:

Nos notebooks, o gnome-shell quebra, a razão para isso é um erro no Xorg na hora de repassar os argumentos para a função XRRChangeOutputProperty chamada pelo mutter-3.14.4. Para corrigir este erro você precisa recompilar o mutter com um patch.

Felizmente para os usuários 64 bits o autor deste tópico preparou os arquivos em pacotes DEB.

gir1.2-mutter-3.0_3.14.4-1~deb8u1_amd64.deb
libmutter-dev_3.14.4-1~deb8u1_amd64.deb
libmutter0e_3.14.4-1~deb8u1_amd64.deb
mutter_3.14.4-1~deb8u1_amd64.deb
mutter-common_3.14.4-1~deb8u1_all.deb
mutter-dbg_3.14.4-1~deb8u1_amd64.deb

Para os usuários que utilizam o i386, infelizmente não foram disponibilizados os pacotes.
(tem que ser na mão mesmo)

Instale todos os novos pacotes com os patches aplicados:
Código:
# dpkg -i *.deb

Se tiver problemas na hora de instalar os pacotes, digite o comando abaixo no terminal:
Código:
# apt-get -f install

Reinicie o computador e aproveite os drivers proprietários com o GNOME funcionando com tudo pronto.

FONTE: http://unix.stackexchange.com/questions/...n-8-jessie
Olá ao pessoal do forum!

Realizei os procedimentos novos acima em uma instalação limpa do Debian 8 Jessie
e funcionou tudo muito bem (GDM3 e Gnome-Shell)

Aproveitem

GNOME 3.14 agora funcionando com os drivers Catalyst 15.9 mais novos.
Realizei o procedimento até "# aticonfig --initial", não percebi mensagem de erro durante o processo. Acho que correu tudo normal. Reiniciei, continuou o LightDM como gerenciador de sessão. Como fez para especificar o GDM3?
No terminal

Código:
# dpkg-reconfigure lightdm

Daí escolha gdm3
Só lembrando que no ubuntu também ocorre isso. Não é só com o Debian.
Melhor mesmo é partir para outro Ambiente de trabalho. Eu to usando o xfce sem problemas e rápido. O gnome poderá ate funcionar com estas modificações todas, mas é só fazer uma atualização ou instalar algum programa que altere uma dependência e tudo vai para o brejo.
Por isso não tiro o meu Debian. Nestas horas posso escolher.
flw!
Meus parabéns ao @risislunit, sempre gostei do Gnome 3.xx, mas depois de um upgrade (hardware AMD completo) no meu desk não pude mais usa-lo devido ao problema relatado no tópico... pesquisei muito nesses 11 meses, sem sucesso! Tentei o MATE, CINNAMON, etc, mas não gostei muito... Por fim tentei instalar o Ubuntu Gnome e deu certo... cheguei até a usar gnome 3.16. MAS sabem como é usuário Debian que volta pra Ubuntu!!! Enfim, deu tudo certo aqui Debian Jessie 8.2 + Gnome rodando sem problemas, espero que por muito tempo. VLW |m|
Páginas: 1 2
URL de Referência