Fórum Debian

Versão Completa: Boot Gráfico no Debian Squeeze (fácil)
Você está atualmente visualizando uma versão simplificada do conteúdo. Visualizar a versão completa com formatação.
Pessoal vai uma pequena dica que mata a pau e resolve o problema sem muito trabalho...

Instalando o Boot Gráfico com o Plymouth:

aptitude install Plymouth

Vai instalar o Plymouth, temas e tudo que é necessário automaticamente no Debian Squeeze já deixando ele totalmente configurado não sendo necessário editar nada no Grub 2 ou melhor...

Ajustando o Grub 2 sem editar manualmente:

instale a ferramenta de configuração gráfica do Grub 2 para alterar as configurações do grub sem sofrimento com o seguinte comando:

aptitude install startupmanager

O startup-manager é instalado e fica no menu "sistema->Administração"

Execute a ferramenta e configure o grub para que a resolução seja "1024x768" ou superior se seu monitor suportar.

Agora o Plymouth está instalado, configurado e basta reiniciar o sistema. Para trocar o tema do Playmouth basta setar no console:

#plymouth-set-default-theme nomedotema

se tiver dúvidas como usar o plymouth execute-o no console:

#plymouth --help

Os temas do plymouth estão instalados no diretório:

/usr/share/plymouth/themes

Espero ter ajudado...
Legal a sua dica! Sorrisão

Pelo que dei uma olhada rápida, não tem nenhum artigo sobre configuração do Plymouth ainda.
renatov Escreveu:Legal a sua dica! Sorrisão

Pelo que dei uma olhada rápida, não tem nenhum artigo sobre configuração do Plymouth ainda.

Pelo que eu tenho visto o pessoal ainda está batendo cabeça com o splashy e o plymouth é muito mais atual, permite plano de fundo 3D, com barra de carregamento e tudo mais. Não vale mais a pena bater cabeça com o splashy que ficou obsoleto e ineficiente.

O time do Debian fez um trabalho excepcional com o Plymout facilitando ao máximo a instalação e a configuração dele.
Pois é, das vezes que tentei, sempre tive problemas com o splashy também... o plymouth é realmente uma boa alternativa.
Ainda não testei, mas só por curiosidade. Se caso não gostar do plymouth, só desinstalar e ele volta ao modo texto normal?
Sim, é só desinstalar que tudo fica como novo rs
Testei a dica do plymouth, mas estou com problemas... não consigo... mudar o tema.... alguém poderia me mostrar um outro comando que não seja plymouth-set-default-theme nomedotema, este não funciona aqui comigo.. lembrando que não tenho interface gráfica.. somente modo texto...
grato,
Fabiocs
Você tem que especificar o parâmetro para refazer o initrd, senão o tema não é alterado:

Código:
# plymouth-set-default-theme TEMA --rebuild-initrd

Pra ver quais temas você tem atualmente instalados:

Código:
# plymouth-set-default-theme -l


edit: se não funcionar, depois de trocar o tema, tenta refazer a initrd manualmente:

Código:
# update-initramfs -u
Obrigado pela sugestão... mas eu já tinha tentando...
Infelizmente sem sucesso....
Não sei se tem algo haver... mas como falei não tenho interface gráfica na máquina...talvez tem algo haver com o servidor X, q no caso não está instalado...
Grato,,
Acredito que se o servidor X fosse necessário para o plymouth rodar, o aptitude teria instalado ele junto com o plymouth para resolver as dependências. Além de tudo, pelo que eu entendi, o plymouth funciona com o tema default e você apenas não consegue mudar o tema. Se o problema estivesse na ausência do X, você não conseguiria nem ver o tema default.

Fazendo uma pesquisa aqui, encontrei outra maneira de mudar o tema:

Código:
# update-alternatives --config default.plymouth
# update-initramfs -u
Neste primeiro comando que me passou onde coloco o nome do tema que quero usar....?
Mesmo testando os dois comandos sugeridos para trocar de tema no plymouth, não consegui... engraçado que tentei também no ubuntu.. e acontece o mesmo problema... não consigo trocar de tema..
Voltei.... consegui resolver usando o tuto deste link: http://wiki.debian.org/plymouth
Obrigado a todos.
Esse tutorial passa exatamente o mesmo procedimento que eu apontei para você em minha postagem. Que estranho, se funcionou seguindo ele, era pra ter funcionado antes, já que os comandos eram exatamente os mesmos. Mas enfim, que bom que funcionou aí!
URL de Referência