Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Erro na instalação. "Can't find X includes"
20/11/2007, 20:36
Resposta: #1
Erro na instalação. "Can't find X includes"
Olá pessoal,
estive tentando instalar o KCheckGmail mas não consegui. Segue um log dos eventos no terminal:
log do KCheckGmail

Como resolvo?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
20/11/2007, 20:46
Resposta: #2
 
veja se instalado os pacotes resolve:
# apt-get install xorg-dev xserver-xorg-dev

[]s

"Na caixa dizia: Requer MS Windows ou superior, então eu instalei Debian/GNU
Linux!"

.
Antes de postar use a busca e veja o Wiki.
Busca do FD
Wiki do FD
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
20/11/2007, 22:55
Resposta: #3
 
A nova dependência é esta:
"checking for Qt... configure: error: Qt (>= Qt 3.2) (headers and libraries) not found. Please check your installation!
For more details about this problem, look at the end of config.log."

Há vários pacotes se referindo a qt no Synaptic, não sei qual é o necessário.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
21/11/2007, 00:58
Resposta: #4
 
tente esse:
libqt3-mt-dev

"Na caixa dizia: Requer MS Windows ou superior, então eu instalei Debian/GNU
Linux!"

.
Antes de postar use a busca e veja o Wiki.
Busca do FD
Wiki do FD
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
23/11/2007, 14:56
Resposta: #5
 
Sempre aparece novas dependências a serem resolvidas. Essa ultima se referia a pacotes relacionados ao KDE (eu já devia ter sacado o K no nome do programa). Desisti deste programa.

Não sei se é algo muito difícil, mas a comunidade poderia se dedicar a fazer programas em autopackage, que não depende de distribuição e resolve dependências automaticamente, além de ser instalável apenas clicando o arquivo sem o uso do terminal (facilidade que ocorre no Ruindows).
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
23/11/2007, 16:21
Resposta: #6
 
não é tão dificil assim, depois lembre-se que instalou um sistema enxuto ( sem pacotes de desenvolvimento ). Existe sim um pacote chamando auto-apt que ao executar com pacotes make ele detecta e busca automaticamente as dependencias e pacotes faltantes se disponível em repositórios. Achei que quisesse aprender mas se quer instalar mais fácil, antes de tentar utilizar pacotes tarball procure no repositório debian com o apt-get ( aptitude search ) e depois por pacotes .deb na net, veja o mesmo programa está disponível em .deb aqui :
http://kcheckgmail.sourceforge.net/download.html
basta baixar e instalar com o:
# dpkg -i <nome_do_pacote>

aqui sim pode aparecer algumas dependencias mas ele relata o nome do pacote que deve ser instalado.


[]s

"Na caixa dizia: Requer MS Windows ou superior, então eu instalei Debian/GNU
Linux!"

.
Antes de postar use a busca e veja o Wiki.
Busca do FD
Wiki do FD
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
23/11/2007, 23:36
Resposta: #7
 
Fiz uma busca para tentar entender o funcionamento dos pacotes deb mas não achei nada relevante, a não ser como instalá-los ou criá-los. Qual a diferença de um pacote deb e um pacote tarball?

Aprender quero sim, embora eu de prioridade ao conhecimento que me ajudar a otimizar o uso do sistema. Muito interessante o recurso auto-apt. Desisti de instalar aquele programa, não de aprender hein rs... Tenho interesse em soluções práticas por que a faculdade está me roubando todo o tempo, e para dominar o sistema em nível básico é preciso muita dedicação e tempo. Foi só por isso que citei o autopackage, resolve um dos grandes problemas que travam novos usuários no sistema livre.

Vou testar o auto-apt no programa.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
25/11/2007, 23:02
Resposta: #8
 
Os pacotes .deb como o nome já diz são pacotes de programas pronto pra instalar no debian, não necessitando contrui-los. Já os tarball são independente, isto é, pode-se instalar na grande maioria das distro linux independente do kernel, processador ou melhor independe da arquitetura do hardware ( exemp: i386, ia64,amd64...) Neste caso precisa-se dos arquivos de desenvolvimento que foram e são utilizados para poder contrui-los. No ubuntu se não me engano existe o automatix que facilita a instalação de programas. Um dos maiores problemas para os usuários linux, atualmente não é a instalação de programas e sim a instalação de drivers do hardware, movido pela falta de competência dos fabricantes de hardware em não desenvolver drivers decentes para o linux, jogam no mercado sempre dispositivos só com drivers para windows e olhe lá ainda, tem muita webcam por aí nova que o driver fornecido junto não funciona no Vista. Quando vc aprender mais um pouquinho sobre o apt-get ou aptitude vai ver a maravilha que isso faz pra instalar programas. Mas aí nem testou o kcheckgmail .deb que passei?..bom é isso aí quem sabe mais alguns anos essa mentalidade dos fabricantes mudam.

"Na caixa dizia: Requer MS Windows ou superior, então eu instalei Debian/GNU
Linux!"

.
Antes de postar use a busca e veja o Wiki.
Busca do FD
Wiki do FD
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
26/11/2007, 11:58
Resposta: #9
 
É... Não é fácil não.

Baixei o pacote deb mas não consigo instalar. O comando "# dpkg -i <nome_do_pacote>" deve ser executado onde? Na pasta do programa? Tentei este comando na pasta do programa que contém três arquivos: control.tar.gz, data.tar.gz e debian-binary. Usei o nome do programa como kcheckgmail. O retorno foi:

maquinahjs:/home/virtualhjs/baixados/kcheckgmail# dpkg -i kcheckgmail
dpkg: erro processando kcheckgmail (--install):
impossível acessar arquivo: Arquivo ou diretório não encontrado
Erros foram encontrados durante processamento de:
kcheckgmail

Não acho muito interessante instalar programas pelo apt-get por que as vezes encontramos um pacote mais recente em um site. Além do mais, estamos a mercê do funcionamento do servidores. Se baixarmos o pacote o teremos depois para reinstalar.

Dediquei um grande tempo (sem tê-lo) para instalar esse programa e não obtive bom êxito. Por isso comentei sobre o autopackage. E mais interessante para o usuário usar um programa, que se especializar em instalar ele. Relembro que não tenho a menor noção do nível de dificuldade de criar um programa no formato autopackage, mas o benefício é muito grande, já que muitas pessoas o usarão e o empacotamento é feito uma única vez para isso. Dois cliques e a instalação é feita automaticamente.

Acho que o Linux precisa desta praticidade.

Ainda não tentei o auto-apt por falta de tempo. Mas tentarei.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
29/11/2007, 17:48
Resposta: #10
 
é só um arquivo com final .deb, veja por exemplo o arquivo para o debian etch seria esse : http://downloads.sourceforge.net/kcheck ... 1_i386.deb

daí no diretório onde baixou ele da-se o comando:
# dpkg -i kcheckgmail_0.5.7.3-0+etch1_i386.deb

se não estiver engando, estando executando como root o nautilus, acho que é possível executar esse pacote e escolher instalar.

Quando a programas mais novos, isso as vezes ocorre, mas a comodidade de instalar um apache por exemplo com um simples comando e ele já instalar todas dependencias é melhor. Depois tb pode-se mudar o sources.list para um repositório unstable e verificar se a ultima versão está disponivel tb, neste caso tem que se tomar cuidado pois versões instáveis podem danificar o sistema. Ao instalar pelo apt-get o pacote fica salvo no diretório /var/apt/cache/arquives para posterior reinstalação.

"Na caixa dizia: Requer MS Windows ou superior, então eu instalei Debian/GNU
Linux!"

.
Antes de postar use a busca e veja o Wiki.
Busca do FD
Wiki do FD
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
29/11/2007, 22:59
Resposta: #11
 
O que é um repositório unstable? Um repositório alternativo a um oficial estável?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
01/12/2007, 11:42
Resposta: #12
 
é assim, o debian é uma distro que com as novas versões dos pacotes, ficou organizado e convencionado a liberação dos pacotes nos repositórios "Estável, Instável e Experimental", a ultima versão estável do debian chama-se Etch, a futura versão é a Lenny ou tb conhecida como Testing, ainda temos a versão instável tb chamada de Sid ou Unstable, este ultimo contém pacotes das ultimas versões disponíveis, mas muito cheio de bugs que podem fazer diversos problemas no sistema desde travamentos até comportamentos estranhos dos programas. Mas pode-se instalar alguns programas deste repositório com as devidas atenções para que não se deixe que se troque muitos pacotes. Não sei se compreendeu mas ratificando unstable é um repositório oficial do debian, pode-se dizer que é alternativo sim do estável assim como do testing .

"Na caixa dizia: Requer MS Windows ou superior, então eu instalei Debian/GNU
Linux!"

.
Antes de postar use a busca e veja o Wiki.
Busca do FD
Wiki do FD
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
01/12/2007, 11:52
Resposta: #13
 
Entendi.

Bem, agora meu tempo acabou de vez. Depois das provas volto a ativa com o Linux.

Valeu pelas infos...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
Responder 


Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes

Entre em Contato | Fórum Debian | Voltar ao Topo | Voltar ao Conteúdo | Modo Leve (Arquivo) | Feeds RSS